29 de dezembro de 2015

{Resenha} Um ano Inesquecível

Título: Um ano Inesquecível
Autor(a): Paula Pimenta, Babi Dewet, Bruna Vieira e Thalita Rebouças
Editora: Gutenberg

Sinopse: Dizem por aí que os melhores momentos da vida são vividos na adolescência. Os primeiros amores, os encontros, as festas, as viagens, as surpresas… E são sempre os instantes inesperados que transformam um dia comum em uma lembrança especial, daquelas que nunca deixarão de nos acompanhar.
Este é um livro sobre esses momentos doces e sensíveis que não se apagam da memória tão facilmente. Quatro contos, em quatro estações do ano, sobre jovens que passam por vivências e sentimentos intensos. Paula Pimenta nos leva em uma viagem de inverno. Babi Dewet conta como um outono pode mudar tudo. Bruna Vieira mostra a paixão brotando com a primavera. E Thalita Rebouças narra um intenso amor de verão. Histórias de um ano inesquecível que vão ficar para sempre!

Um livro que reune todas as estações do ano e fazem disso vários contos fantásticos, imagina só que maravilha.

                        Enquanto a neve Cair- Paula Pimenta
 
  A protagonista dessa história é a Mabel, uma garota de 14 anos (quase 15) que é compulsória a viajar com sua família ao Chile, mesmo no final de semana que ela e as amigas combinaram de ir ao sítio de um amigo passar o finalzinho das férias -inclusive seu crush estaria lá (ui)-
Mas que garota teimosa em, só queria ir para o sítio em que o tal garoto Igor que suas amigas dizem que não vale nada a pena. Mas então ela reclamava de tudo, do cenário sem cor (neve), que era muito frio, dava piti em tudo e descontava em seu irmão mais novo. 
Mas então houve uns desencontros com um garoto mais velho chamado Benjamin, que né, só lendo para saber o que acontece no final haha.
-Única coisa que eu não gostei foi o fato da Mabel odiar tudo ao seu redor, que garota chatinha.-
  
                          O som dos Sentimentos- Babi Dewet

-Para mim, esse conto foi sensacional, meu favorito-
Nesse conto temos dois protagonistas: João Paulo e Anna Júlia. João Paulo fazia o tipo de cara que faz covers em frente a MASP e a garota estava estagiando em uma empresa e passaria por lá durante o outono. Infelizmente a garota não gostava de músicas tipo, comasin caran mas sempre estava com seus fones de ouvido escutando podcasts enquanto o garoto estava sempre tentando conectar a batida da sua música com o coração da Anna Júlia.

                          A Matemática das Flores- Bruna Vieira

Durante a Primavera conhecemos a Jasmine a garota dos cabelos cacheados volumosos (maravilhoooosos) que está em surtando na matéria de Matématica. A Mãe e o Professor de Jas decidem que ela precisa de aulas particulares para aprender em si a matemática que tanto a aterroriza.
Foi então que ela conheceu o Davi seu instrutor nas aulas e ai já rolou algo não é mesmo?
Acontece intrigas, brigas com as colegas da escola e várias outras coisas.

                        Amor de Carnaval- Thalita Rebouças

Thalita começa a sua história nos apresentando a três amigas: Kaká, Inha e Tati
Eu achei que o enredo foi centrado na Tati que quer ficar famosa e acha que seu irmão que joga no Flamengo, Wilsinho pode lhe ajudar a isso já que não está a altura para a Passarela.
Kaká foi trocada por um cavalo -só lendo você irá entender-
E Inha foi trocada pela garota mais gata da escola tomando um pé na bunda do seu ex o Alex. 
E acho que esse é o principal, só lendo pra saber o resto haha.

















14 de dezembro de 2015

Ballet- Branca de Neve

Ooi unicôrnios, estão bem? Quem me acompanha deve lembrar que ano passado eu disse que iria postar aqui os detalhes do festival do ballet mas não deu, então cá estou eu este ano postando sobre o festival desse ano.

Esse ano foram dois temas: Monteiro Lobato e Branca de Neve, o meu foi Branca de neve e nossa turma foi o Baile da Corte que abre o espetáculo.

As fotos não estão em boa qualidade porque foram tiradas pelo celular e perdão por não ter uma gravação, aliás, tem, só não deu para fazer upload aqui no blog.










                                     Snapsave: thay_camilo



Foi isso pessoas, espero que tenham gostado!
                                                                                              Beijo Beijo :*

3 de novembro de 2015

{Resenha} Á procura de Audrey- Sophie Kinsella

    Título: À Procura de Audrey
    Autor: Sophie Kinsella
    Editora: Galera Record

    Onde comprar: Submarino,Amazon, Cultura




Audrey, 14 anos, leva uma vida relativamente comum, até que começa a sofrer bullying na escola. Aos poucos, a menina perde completamente a vontade de estudar e conhecer novas pessoas. Sem coragem de sair de casa e escondida por um par de óculos escuros, a luz parece ter mesmo sumido de sua vida. Até que ela encontra Linus e aprende uma valiosa lição: mesmo perdida, uma pessoa pode encontrar o amor.




A história é narrada em primeira pessoa pela protagonista, Audrey, uma garota de 14 anos que sofre de transtornos de ansiedade e episódios de depressão por conta de uma situação que ocorreu na escola, desde então, não foi mais as aulas. Ficou internada em um hospital por um tempo e desde então fica em casa recebendo algumas atividades da escola.

Definitivamente ela não curte muito quando Linus, amigo de seu irmão Frank, vai a casa dela pra jogar no computador, mas com o tempo eles começam a se comunicar por meio de notas de papel e vão ficando amigos de uma forma em que Audrey consegue expressar seus sentimentos.

Do modo que a família de Audrey é bastante caótica logo trás o cenário perfeito para muita risada e diversão. A procura de Audrey é uma leitura bastante hilária e ao mesmo tempo extremamente receptivo por abordar temáticas sérias mas sem tirar o entretenimento da narrativa.

O que me deixou a desejar foi o não revelamento do episódio traumático vivido pela Audrey que trouxe a tona seus transtornos. Mas a autora fez o certo ao não revelar, pois a protagonista evita assuntos que possam lhe fazer mal do mesmo modo que a concepção de seu tratamento é o presente.

15 de outubro de 2015

{Resenha} A Rainha Vermelha- Victoria Aveyard

Título: A Rainha Vermelha
Série: A Rainha Vermelha #1
Autor (a): Victoria Aveyard
Editora: Seguinte

O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe — e Mare contra seu próprio coração.


Mare vive com sua família em um vilarejo -Palafitas- para pessoas que possuem sangue vermelho, eles são os desfavorecidos que vivem na miséria, e  ficam na sombra dos prateados que tem posse de poderes diferenciados.

Diferente da irmã mais nova que tem um talento íncrivel para bordar, Mare sustenta sua família com coisas roubada e anseia pelo dia em que  se juntará aos irmãos que foram recrutados para a guerra. E faz de tudo para proteger seu vizinho que considera como um irmão, Kilorn.

Contudo a história é sobre uma sociedade dividida por sangue prateados que tem poderes e pessoas com sangue vermelho que suas vidas giram em torno da guerra e serventia dos prateados


No entanto chega um dia em que Mare se vê no Palácio Real e descobre que tem poderes. Mas como se isso é um privilégio dos prateados? Para tentar entendê-lá  a família real tenta induzir a todos que ela Mare é uma prateada


¨A Rainha Vermelha¨ é um livro que é meio que impossível ler e não desejar para desvendar cada mistério que se passa. Mare é bastante destemida o que faça com que o romance não surja logo no inicio da história.


Victoria Aveyard Fez um livro fantástico com sua escrita deslumbrante que chamou muito minha atenção. Quem curte disputas políticas e uns poderes bem loucos, tenho certeza de que irá adorar esse livro.

26 de setembro de 2015

{Resenha} Por lugares Incríveis- Jenifer Niven

Titulo: Por lugares Incríveis
Titulo Original: All The Bright Places
Editora: Seguinte
Onde Comprar: Nobel, Cultura, Submarino...

Sinopse:"Por Lugares Incríveis - Dois jovens prestes a escolher a morte despertam um no outro a vontade de viver. Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.
Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los."

Por Lugares Incríveis conta a história narrada por Theodore Finch e Violet Markey , dois adolescentes com tendências suícidas que despertam um no outro a vontade de viver.

Violet Markey É uma garota Americana ¨popular¨, namora com um jogador de futebol mas tem sua vida aos pedaços após a perda de sua irmã em uma viagem em família.

Theodore Finch É o garoto chamado de ¨Theodore Aberração¨pois nunca se adequou aos padrões da escola, contudo ele possui longos e esporádicos períodos de longa depressão, com um único propósito: se sentir vivo.

Os dois eram desconhecidos que por um ato de suícidio se encontraram na torre do sino da escola , Finch encontrou Violet lá e a faz recuar, tirando-se também da mesma situação.

A história começa com um trabalho de geografia inusitado que o objetivo é conhecer lugares íncriveis no estado no qual moram: Indiana. Eles ficam em dupla e saem vagando pelo estado em busca de lugares íncriveis. 

Jenifer Niven me impressionou bastante pois ela aborda assuntos do nosso cotidiano, como, amizade, familía, escola. A narrativa principalmente que traz atos de reflexões tais como; narrativa poética e melancólica.

Simplesmente não tem como não se emocionar com este livro realmente incrível.


8 de agosto de 2015

[Resenha] Fangirl- Rainbow Rowell

                                         Título: Fangirl
Título Original: Fangirl
Autor: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século       
Onde Comprar: Saraiva, Leitura, Cultura, Submarino


Cath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é  realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se    veste igual aos personagens na estreia de cada filme.
Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o       fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um  romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já   experimentou  
na vida real.    

Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto.
Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências.
Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?



Cath e Wren são irmãs gêmeas que foram abandonadas pela mãe aos oito anos de idade e que moram com o pai. Elas sempre foram muito unidas e sempre faziam tudo juntas. Chega uma hora que elas tem que ir a faculdade e Wren decide que não quer ter mais sua irmã como colega de quarto.
Wren sempre foi a mais extrovertida e Cath mais anti-social dependente da irmã. 

Ela odiava a forma como ele dava sorrisos para todo mundo, como se não lhe custassem nada, como se nunca fossem faltar. Ele fazia tudo parecer tão simples…

Cath é uma protagonista que me chamou bastante atenção por ser fã de uma série de livros do Harry Potter Simon Snow,  e ela escreve fanfics sobre esta série.
Sinceramente eu achei a Cath pirada da cabeça porque ela é tipo MUITO fã mesmo, se pudesse ela entraria no mundo dos magos sem pensar duas vezes.

Por que escrevemos ficção? Para desaparecer.

Em Fangirl acompanhamos a nova etapa da vida de Cath, cheio de medos, inseguranças, intrigas e como ela irá passar por tudo isso

É como ter uma vida secreta, às vezes. As pessoas acham isso tão estranho...Fanfiction. Slash. Você sabe.

Tive momentos que quis matar a protagonista, porque sério mesmo teve partes que me irritou bastante mas apesar disso gostei bastante do livro, eu acho muito boa a escrita da Rainbow Rowell e com certeza este livro  entrou para minha lista de favoritos. Este é o segundo livro que leio da autora e continua sendo maravilhosa a cada palavra.




29 de julho de 2015

[Resenha] Extraordinário- R.J Palacio

Título:Extraordinário
Título Original:Wonder
Lançamento:2013
Autor (a): R.J Palacio
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Onde Comprar: Leitura,Saraiva,Cultura

Classificação:



August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

O August é um garotinho normal de 10 anos com uma maturidade incrível, mas que quer  ser normal que nem os outros meninos de sua idade, mas por quê não pode ser? Não é que ele não possa ser, ele é, só não acha isso. Auggie nasceu com uma síndrome com um nome bem estranho que deformou totalmente o seu rosto, fez várias cirurgias mas os médicos falam que essa é uma síndrome rara e não tem cura.

"A única razão de eu não ser comum é que ninguém além de mim me enxerga dessa forma."

Passou toda a sua vida estudando em casa e chegou um ano que os pais decidiram levar ele para conhecer uma escola A Beecher Prep,começou a estudar lá e todo mundo não falava com ele, por causa de seu rosto, sofreu bullying , foi chamado de Freddy Krueger,Et, rato e de todas as formas possíveis que se pode imaginar

"Não precisamos dos olhos para amar, certo? Apenas sentimos dentro de nós."

Eu sinceramente pensei que não iria gostar desse livro, havia muita gente que falava super bem então decidi ler, no começo foi bem chatinho e não me prendeu muito mas depois, gentê não consegui desgrudar do livro até terminar. Com certeza esse foi um dos livros que me surpreendeu bastante, e é isso. É simplesmente muito bom e super recomendo.

21 de julho de 2015

[Resenha] Eleanor & Park- Rainbow Rowell

Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo. 


A narrativa se passa no ano de 1986, o que nos faz viajar e ter excelentes referências musicais como The Smiths, The Beatles, Alphaville, Sex pistols, AC/DC, entre outros. A garota conheceu o Park quando entrou no ônibus escolar, foi bem estranho o momento, ela foi criticada e chamou vários olhares ao entrar, como não tinha lugar para se sentar durante o caminho, ela ficou procurando alguém que não tivesse ´´par`` no banco, e esse alguém era nada mais nada menos que o Park.

Tive muita pena da Eleanor durante o livro mas cara, ela se vestia que nem louca, tipo isso, tinha os cabelos que pareciam arder em chamas ao nascer do sol, mas Park se apaixonou por ela, ela nunca sonharia que iria se apaixonar por um mestiço idiota
 
Todo dia Park lia revistas em quadrinhos e Eleanor acompanhava a leitura pelo canto dos olhos, quando percebeu, ele demorava mais um pouco ao passar a página. Eles não se comunicavam. Chegou um dia em que o Park levou alguns de seus gibis e colocou no banco da Eleanor antes que ela chegasse, a partir da aí foi surgindo um assunto.

Porque Park era o Sol, e essa era a única explicação que Eleanor poderia dar

Achei MUUUUITO fofo, mas teve umas partes da narrativa de Eleanor que com certeza me tirou do sério, o padrasto dela, o Richie, é um saco com todas as forças da humanidade, só faltava eu tirar ele do livro pra socar a cara dele, sério!

“- Porque você gosta de mim?
- Não gosto de você - ele disse- Eu preciso de você

Apesar dos vários problemas que a Eleanor passou durante o percurso, o Park sempre estava lá para ajudá-la quando precisava, com certeza ele era um fofo, sem condições..

Recomendo tipo BASTAAANTE, eu amei muuuito esse livro, pena que o final foi tipo, - PRECISO DE CONTINUAÇÃO NOW!. Boatos de que esse livro maravilhosamente fofo vai virar filme, e o roteiro vai ser feito pela Rainbow Rowell . Tipo aikemaravilha.

E estou pensando em fazer uma pequena Playlist desse livro, o que vocês acham? 
 
                                                                                                                                                 Beijooos!

12 de julho de 2015

[Resenha] A extraordinária garota chamada estrela- Jerry Spinelli

A garota chamada Estrela. Ela é tão mágica quanto o céu do deserto. É tão estranha quanto seu rato de estimação. É tão misteriosa quanto seu próprio nome. Com um simples sorriso, ela cativa totalmente o coração de Leo Borlock. Com sua alegria, ela incendeia uma revolução por liberdade e autenticidade no espírito de sua escola. 
No começo, os colegas encantam-se com ela por tudo o que a faz ser diferente. Mas isso começa a mudar, e Leo, apaixonado e apreensivo, percebe que a única coisa que pode salvá-la das críticas é a mesma que pode destruí-la: ser alguém comum. 
Nesta celebração do inconformismo, o premiado Jerry Spinelli tece um conto tenso e comovente sobre os percalços da necessidade de ser popular e da emoção e inspiração do primeiro amor.


Estrela foi educada em casa e só agora tem a oportunidade de conhecer pessoas novas que por alí circulam, e é  nesse momento que a escola começa a fofocar --principalmente os garotos-- sobre a garota nova, suas primeiras impressões foram que ela é linda e num sei o que, meio que todo mundo morria de amores por ela. Estrela realmente parecia brilhar e deixar o dia de cada um melhor. Por ser meio ´´bizarra`` pelo seu modo de se vestir, suas características e o que ela fazia, passou a sofrer bullying  e a ser desprezada pelos seus novos colegas.

 "Nós queríamos defini-la,etiquetá-la como fazíamos uns com os outros,mas não conseguíamos ir além de "esquisita" ,"estranha", "patética".O jeito dela nos tirava do eixo."

Por causa de sua atitude impensada durante um jogo da escola, os alunos começaram a ignorá-la, achavam muito esquisito o que ela fazia (até eu achei) mas isso despertou um pouco a minha curiosidade. Tudo nela era positivo, fazia surpresa para seus colegas, e fez com que Leo se apaixonasse por ela. 

"Porque ela era diferente.Diferente.Não tínhamos ninguém com quem compará-la,ninguém para colocá-la lado a lado"

Para ser sincera não gostei muito do livro no começo, tipo, ele não é aquele livro que você fica *ai meu deuso, o que vai acontecer?* Do tipo ansiosa e tal mas quando cheguei quase no finalzinho fiquei nesse jeito, porque dá curiosidade de como a Estrela sabia de todas aquelas coisas e o que a fazia ser assim, ela tinha seu próprio jeito de ser, ela podia ser estranha, esquisita, bizarra, para os outros mas se você prestar bem atenção vai ver que o  livro traz uma mensagem bem significante. Gostei bastante por isso, porque Pessoas estrelas são únicas.


Pessoas-estrelas são raras, é pouco provável que você conheca outra

OBS: Esse livro tem continuação e é o Com amor A garota chamada estrela.

                                                                 
                                                                                                                        Beijoos
                                               
               

5 de julho de 2015

Como usar o Popcorn Time

Oi gente, tudo bom com vocês?

Então, provavelmente muitos de vocês gostam de assistir séries filmes e outros, hoje vou falar de um aplicativo que me ajudou MUUUUITO em relação as séries, o meu caso era que eu tinha que ver série pelo computador nuns sites mas maioria tinha aquelas propagandas chatinhas e ficava abrindo novas abas, era uó mas dai minha professora do curso mencionou sobre esse Popcorn que salva vidas, cês não tem noção.

Funciona assim, você vai no site que é este: https://popcorntime.io/ e clica em Transferir Beta 3.7  (caso for baixar no computador) dai vai ter as instruções quando for executar e você vai ver suas séries, filmes, o que for, tranquilo. Mas tem um único problema se é que isso é um problema tudo é legendado. Mas não é ruim quanto vocês pensam. (bem, eu prefiro legendado mas okay)


Página Ínicial no Computador:



E para baixar no celular também é bem simples, Primeiro tem que ir nas configurações do celular ir em Segurança--> Fontes desconhecidas, e só, é só habilitar as fontes desconhecidas, para que você possa baixar qualquer coisa na Internet, porque sempre baixamos pela Play Store.

Depois, cê entra no site do Popcorn e vai lá em baixo que vai aparecer o seguinte:
Você clica no Transferir Beta 2.2  e simples, sua vida está feita haha.

Vai aparecer as instruções e tudo direitinho quando for baixar e vai aparecer o ícone do Popcorn na Página Ínicial do celular.

Página Ínicial no celular:


Então gente, foi isso, qualquer dúvida comentem aqui em baixo.

                                                                                                                               
                                                                                                                                Beijooos

24 de junho de 2015

[Resenha] A Herdeira- Kiera Cass

No quarto volume da série que já vendeu mais de 500 mil exemplares no Brasil, descubra o que vem depois do “felizes para sempre”. Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais… Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia.



Vinte anos atrás Maxon e América se casam e tem sua primeira filha . Eandlyn cresceu com uma grande peso em si: a responsabilidade. Assumir o trono é uma tarefa complicada, além do mais , tem de se mostrar, forte, responsável e confiante de si. A protagonista é mimada e fútil.(bom, foi o que eu achei no começo)

Sou Eadlyn Schreave. Nenhuma pessoa é tão poderosa quanto eu

Eadlyn é uma mulher muito independente e poderosa que não queria de jeito algum herdar o trono com um príncipe ao seu lado. Muito confiante dizia que poderia governar o país sozinha, só que seus pais disseram que precisaria acontecer uma Seleção, para animar o povo de Íllea, pois após a abolição das castas (rótulos) tudo ficou um desastre, e para haver um rei para governar ao lado de Eadlyn.


Eadlyn do jeito que é nunca se imaginou apaixonada mas durante sua seleção ocorreu coisas que ela nunca esperasse que iria acontecer e com uma pessoa inesperada.

Era engraçado que eu tivesse aprendido um monte de técnicas de desarme para entrevista e negociações, mas precisava aprender sozinha a lidar com garotos.

Particularmente não gostei da Eadlyn, ela é totalmente diferente de sua mãe. Ela acha que tem o poder de TUDO só porque já nasceu na casta um, diferente de sua mãe que participou da Seleção sendo uma cinco.

Achei os três primeiros livros os melhores da Kiera mas esse não foi o que eu tanto esperei após A escolha. Mas okay né.

Quem ai já leu? O que acharam da Herdeira?

Beijooos XO

9 de junho de 2015

[Resenha] Garota Online- Zoe Sugg

Oi Oi gente tudo bom?

Então, novamente estou fazendo uma resenha mas como já disse no post anterior, me falem do que vocês querem que eu aborde aqui no blog.


Penny tem um segredo.
Com o nickname Garota Online, ela escreve um blog no qual desabafa seus sentimentos mais íntimos sobre amizade, meninos, os dramas do colégio, sua família maluca e os ataques de pânico que começaram a dominar sua vida.
Quando as coisas vão de mal a pior, sua família a leva para Nova York, onde ela conhece Noah, um garoto lindo que toca guitarra, e com quem ela parece ter muito em comum.
De repente, Penny percebe que está se apaixonando — e escreve sobre cada momento dessa história em seu blog, de maneira anônima. Só que Noah também tem um segredo, que ameaça arruinar o disfarce de Penny para sempre.
Garota Online é um livro encantador, que traduz exatamente o que significa crescer e se apaixonar na era digital.

Garota Online é um romance escrito pela Zoe Sugg que é uma autora, blogueira e vlogger britânica.

Penny é uma garota bem desastrada que não se aceita bem. ela tem seu melhor amigo chamado Elliot que é cheio de estilo,ela ama fotografar momentos especiais que guarda em sua memória.

Depois de passar uma vergonha por um vídeo da Penny que sua ex melhor amiga publicou em sua página de facebook, Ela está decidida a passar um bom tempo sem internet, infelizmente não consegue de tanto receber e-mails sobre o ocorrido.

Quando sua mãe é contratada para organizar uma festa de casamento nos Estados Unidos ela mal acredita que vai atravessar o oceano junto com seus pais e Elliot, e tentar esquecer da vergonha que passou no teatro de sua escola e na internet,quando chegou no Hotel ela foi ajudar a mãe na organização do casamento, acabou se perdendo e entrando em uma sala que vê um garoto tocando um violão, o que no caso é o Noah, um garoto simplesmente fofo que parece amar ela do jeito que ela é. E quando tudo parece estar ótimo a vida de Penny vira de ponta a cabeça mais uma vez.

Espero que tenham gostado e no momento estou lendo ´´A herdeira`` se quiserem resenha deixem aqui nos comentários.

Beijos








19 de maio de 2015

Resenha: Carta de amor aos mortos-Ava Dellaira

Oi gente

Hoje vou fazer a resenha de carta de amor aos mortos que faaz mó tempão que quero fazer e cá estou eu.

Pensei que não ia amar esse livro mas meu deus, cês não tem noção de como é bom, é bom assim, pra quem gosta de romances, drama e tal, mas enfim

Laurel é uma garota doce, e em muitos aspectos  inocente, que carrega tristeza em seu mundo entre as lembranças de uma vida que já não existe mais, em menos de um ano perdeu a irmã May, foi como que seu mundo tivesse acabado. Em seu primeiro dia de aula no ensino médio a professora de inglês passou uma atividade que era para fazer uma carta a alguém que já morreu e ai que tudo começou, a primeira carta ela faz para Kurt Cobain que May amava. E o que uma atividade acabou sendo um diário que a cada fim de mês escrevia para variadas personalidades que já morreram.

Nessa nova escola ela conheceu duas garotas que são suas melhores amigas: Natalie e Hannah, e se apaixona por um garoto  chamado Sky.

O que achei muito bom é que a Laurel ela escreve para cada personalidade que se relaciona ao que está acontecendo, o livro é bem ´´musical`` que passa vários momentos de músicas e fiz questã de ouvir quase todas que se mencionava. A autora fez com que a personagem descrevesse muito bem seus sentimentos.

Carta de amor aos mortos não é apenas um drama, é um livro que mostra todas as formas de amor, é um livro verdadeiro e intenso pelo qual me apaixonei. Supeeer recomendo, se vocês tiverem a oportunidade de ler, leiam!

Tem coisas que não posso contar pra ninguém além das pessoas que já não estão mais aqui.


Beijos

18 de fevereiro de 2015

Shoot Pôr Do Sol em Tibau do Sul

Oii, acho que vocês já se enjoaram dos shoots de pôr do sol mas dessa vez eu fiquei bastante feliz porque consegui tirar duas fotos de um casal ao sol e ficou bem legalzinha.

Vamos começar:












E uma foto extra que minha prima tirou quando eu estava distraida, ficou parecida com uma que fiz do shoot da praia do jacaré mas vai mesmo assim.


Então foi isso pessoal espero que vocês tenham gostado e um Beijãão

4 de fevereiro de 2015

Resenha- O reino das vozes que não se calam

Oi Oi gente hoje eu vim com a segunda resenha de livro aqui no blog e acho que vou abrir um novo quadro de Literatura, até porque né eu amo kkk.

Então como vocês viram no título é a resenha do livro da Carolina Munhoz e Sophia Abrahão.

O livro fala sobre a vida da Sophie uma menina que sofre bullying na escola pois falam que ela é muito magra para sua idade, ela tem 18 anos (se não me engano),ela tem sua melhor amiga chamada Anna, Anna é meio que popular na escola por causa de suas certas amizades. Certo dia o povo de sua escola fez uma festa na casa de uma colega da Anna e ela chamou Sophie e foi meio que a primeira festa que ela foi com os ´´amigos`` dela. Nessa festa Sophie teve uma briga com sua amiga Anna por causa de um menino de sua escola que ela meio que gostava dele e ele já tinha namorada, depois disso Sophie voltou mais cedo para sua casa e seus pais souberam que elas tinham brigado mas preferiram deixar ela sozinha em quarto, nessa noite ela teve um sonho louco de que ela foi para um lugar mágico que no final do livro é nomeado o Reino das vozes que não se calam,lá tinha de tudo o que se podia imaginar, e ela teve  esse sonho lúcido que parecia ser muuito real quase todos os dias, se ela quisesse voltar para o reino não conseguia,e cada dia estava mais afastada das pessoas ao seu redor, na escola ela andava fugindo de um rapaz novato e ele sempre se aproximava dela e foi assim que se conheceram e perceberam que tinham muitas coisas em comum.



Gente sério não vou contar mais que isso porque já iria ser spoiler e tipo recomendo muuuuito meesmo, mais para quem gosta de fantasia e romance é maravilhoso.

Se vocês gostaram e quiserem mais resenhas comentem ai qual livros vocês querem.
Beijoos


26 de janeiro de 2015

Shoot- Nascer do Sol

Oi oi galerinha hoje é um shoot novo do nascer do sol, amo muito e como alguns me acompanham no instagram eu sempre estou postando foto do por do sol ou nascer eu acho tipo muuuito lindo e esse final de semana fui para Bahia da Traição e fiquei numa pousada que é em frente a praia ai acordei beem cedinho e aproveitei para tirar algumas fotos pena que depois  nuvem ficou tampando o sol.

Vamos as fotos:








           Então foi isso gente se vocês gostaram comentem aqui em baixo. Beijoos

15 de janeiro de 2015

Shoot- Praia do Jacaré

Oi Oi gente não foi como prometido esse  por que era pra ele ter ido ao ar ontem sóó que eu fui ao médico e esqueci e fazer o post mas de agora em diante eu irei fazer um dia antes e salvar como rascunho e no dia do post eu libero. Bem melhor não é?

Então vamos lá as fotos, Vamos começar com a minha predileta, foi quando eu tava me arrumando dai meu pai tirou a foto e eu nem percebi depois eu passei as fotos pro pc e vi e adorei




















 renata massa